Sementes Fiscalizadas

Telefone (+55):
55 3322 6790 ou 8111 2902

sementes@sementesfiscalizadas.com.br - Skype | MSN | E-mail

O PRÍNCIPE AMBIENTALISTA, O LIXO DO REINO UNIDO E OS PRODUTORES RURAIS DO BRASIL.

O PRÍNCIPE AMBIENTALISTA, O LIXO DO REINO UNIDO E OS PRODUTORES RURAIS DO BRASIL. O PRÍNCIPE AMBIENTALISTA, O LIXO DO REINO UNIDO E OS PRODUTORES RURAIS DO BRASIL.




Todos devem lembrar do “alvoroço do ambientalmente correto” causado pela visita do Príncipe CHARLES ao Brasil em março deste ano, caso o leitor não lembre o COOGLE responde com milhares de publicações feitas na ocasião, divulgando a preocupação do Príncipe em relação ao meio ambiente e principalmente com a preservação da Floresta Amazônica.

Na ocasião a “mídia” deu atenção especial a cada palavra do Príncipe em relação a preservação ambiental do Brasil, cheguei a escrever um artigo postado na época aqui no NOTICIAS AGRICOLAS em relação, coisas do tipo que até o Ministro Reinhold Stephanes já tinha comentado em fevereiro no Fórum de Uberaba ``Quando vem um líder político ou alguém de qualquer ONGs ambiental ao Brasil falar de Floresta Amazônia e Aquecimento Global, a imprensa da MANCHETE de primeira pagina, como nós nada entendêssemos de Meio Ambiente.

Quando vamos a Europa por exemplo e cobramos dos Governos pelo menos a recuperação das áreas de mata ciliar dos rios lá existentes, no Maximo que conseguimos é um RODA PÉ em poucos jornais com noticia de duas linhas, três linhas´´.

Até ai tudo bem, o leitor até que sabe como ocorre.

Agora o que me leva a escrever é que entre tudo que acabei lendo sobre a referida visita do Herdeiro do Trono do Reino Unido, nada me deixou tão curioso para entender o que queria dizer o Príncipe em um de seus pronunciamento "Estamos em um momento decisivo da história mundial. Estamos enfrentando uma série de desafios tão grandes que podemos, talvez, sermos perdoados por sentirmos que são muito grandes para serem enfrentados."

"O maior desafio da humanidade é encontrar meios de, simultaneamente, procurar benefícios econômicos e ao mesmo tempo protegermos a natureza, que no final das contas será a segurança para toda a nossa atividade econômica", afirmou o príncipe. registrado ma matéria http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias.php?id=41436.

Como diz o ditado, só o tempo dirá, nas na ocasião mal nós sabíamos que entre fevereiro e maio o Brasil não recebeu apenas a visita do ilustre Príncipe do Reino Unido mas também o Lixo do Reino Unido teve como destino o Brasil, que foi desembarcado através do Porto de Rio Grande no Rio Grande do Sul. Foram 40 contêineres com 740 toneladas de lixo doméstico dentre os quais materiais nocivos como pilhas, seringas, cartelas de medicamentos, e tantos outros lixos tóxicos.

Será que quando o Príncipe disse " Estamos enfrentando uma série de desafios tão grandes que podemos, talvez, sermos perdoados por sentirmos que são muito grandes para serem enfrentados". Isto pode ter algo haver com o destino do lixo por exemplo...?.






Sabemos que tudo na vida tem seu destino final, e a questão do destino final dos resíduos sólidos, a exemplo de ITAMBÉ - PARANÁ - BRASIL, por falta de um lixão tem dois lixões a céu aberto. Dois lixões porque os investimentos feitos na implantação do Aterro Sanitário, por falta capacidade técnica/administra do Poder Público Municipal para gerenciar a questão lixo, isto que a cidade só tem 6.000 habitantes.

Tudo indica que as coisas devem continuar do jeito que, tanto na pequena Itambé – Pr, como em São Paulo, Rio de Janeiro.... De certa forma o lixo gerado no dia a dia é uma questão pouco discutida e sem muitos investimentos por parte dos Governantes, até porque politicamente investir em assistencialismo reflete mais votos, combater o desmatamento fica mais barato e gera receita através das multas....


"Falar em Salvar a Floresta da Amazônia" da manchete para o Ministério do Meio Ambiente, para as ONGs uma vez que qualquer irregularidade que se registre ao final os responsabilizados e incriminados serão sempre os produtores rurais do Brasil e nunca o Governo Brasileiro.

Agora pergunto o que os Governantes, as ONGs ambientalistas vão discutir em dezembro de 2009 na Conferência Mundial que a ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS – ONU vai realizar em Compenhague - Dinamarca... Sobre Clima? Floresta Amazônica.... Emissão de Gases...sequestro de carbono?

E o destino final dos resíduos sólidos não emitem GÁS CARBONO? Não preocupa os Governantes e nem as ONGs? Lixo é lixo o povo que se lixe e os produtores rurais que arquem com os custos da formação das reservas legais de florestas em suas propriedades para seqüestrar os gases de carbono emitidos pela incompetência dos Governantes.


E quanto ao Lixo do Reino Unido enviado para o Brasil, para recompensar o silencio do Ministério das Relações Exteriores do Brasil e do Ministério do Meio Ambiente o Príncipe Charles deve num futuro próximo voltar ao País para dar palestra sobre Meio Ambiente nas Universidades, passear na Floresta Amazônica e continuar com sua ONG Ambientalista protestando e defendendo a mesma “ideologia” de certos Brasileiros....

Fonte: Valdir Edemar Fries