Sementes Fiscalizadas

Telefone (+55):
55 3322 6790 ou 8111 2902

sementes@sementesfiscalizadas.com.br - Skype | MSN | E-mail

ESTILOSANTE CAMPO GRANDE.

ESTILOSANTE CAMPO GRANDE. Estilosantes Campo Grande

O que é?




O Estilosantes Campo Grande é uma leguminosa forrageira desenvolvida pela Embrapa Gado de Corte e lançada comercialmente em 2000. É composta pela mistura física de sementes de progênies melhoradas de duas espécies, Stylosanthes capitata (80%) e S. macrocephala (20%). É uma forrageira rica em proteína, possibilitando melhor desempenho animal, alé de ser capaz de transfomar o nitrogênio encontrado na atmosfera e fixá-lo biologicamente, reduzindo o custo com adubações nitrogenadas e os impactos ambientais.






Quais as vantagens de se plantar o Estilosantes Campo Grande?




Grande adaptação a solos arenosos e de baixa fertilidade dos Cerrados brasileiros, desde que sejam atendidas as exigências mínimas de macro e micronutrientes da cultivar.


Planta com boa capacidade de fixação biológica de nitrogênio. A cultura soteira fixa até 180 kg/ha/ano de nitrogênio (equivalente a 400 kg de uréia). Em consorciação com gramíneas, fixa de 60 a 100 kg/ha/ano de nitrogênio (equivalente a 130 a 220 kg de uréia).




Possui um bom valor nutritivo (Tabela 1).


Tabela 1. Valor nutritivo do Estilosantes Campo Grande.




Descrição

Valores (%)


Proteína bruta

12 - 18


Digestibilidade

55 - 60


Fósforo

0,12 - 0,18


Cálcio

0,9 - 1,0





Apresenta boa palatabilidade para bovinos, sendo bem aceito também por eqüinos, caprinos e ovinos.


Tem boa capacidade de consorciação com braquiárias, Tanzânia, Mombaça, Andropogon e outras gramíneas.


Proporciona bom desempenho animal devido ao aumento da quantidade e qualidade da forrageira produzida.


O teor de proteína bruta da gramínea consorciada a partir do segundo ano é superior ao da gramínea não consorciada.


Características agronômicas




Boa produção de forragem e de sementes: em estande puro, pode produzir até 14 t/ha/ano de matéria seca e 200 a 300 kg/ha de sementes. Seu sistema radicular atinge até 2 metros de profundidade, sendo, por isso, tolerante a períodos de estiagem. Desde 2001, já foram implantados mais de 150 mil hectares de pastagens consorciadas no Brasil, elevando a rentabilidade dos produtores usuários da tecnologia.


Tem boa persistência sob pastejo em consorciações com gramíneas, devido a sua grande capacidade de produzir sementes e de perpetuar-se por ressemeadura natural.


Baixo custo de implantação e manutenção: São necessários somente 2 a 3 kg/ha de sementes escarificadas para formação de pastagens novas e de 3 a 5 kg/ha para implantaçã sobre pasto degradado, podendo ser introduzida em plantio direto sobre a pastagem já formada.


Ambientalmente correto:


Dispensa o uso de fertilizantes nitrogenados em consorciações com gramíneas, devido à fixação biológica do nitrogênio.


Melhora a qualidade da matéria orgânica incorporada ao solo, contribuindo para a diversificação e sustentabilidade dos sistemas de produção.




Outras possibilidades de uso




Alimentação de outras categorias animais: Na China, Índia e em outros países da Ásia, plantas de algumas cultivares de Estilosantes têm sido utilizadas verdes ou trituradas em forma de pó ("leaf meal") como componente protéico para a alimentaçã de aves suínos e peixes, com bons resultados.


Cobertura verde em áreas de culturas perenes como fruteiras e outras culturas, desde que não haja sombreamento da leguminosa.

Fonte: EMBRAPA.