Sementes Fiscalizadas

Telefone (+55):
55 3322 6790 ou 8111 2902

sementes@sementesfiscalizadas.com.br - Skype | MSN | E-mail

MUDANÇAS NAS NORMAS DE PRODUÇÃO DE SEMENTES.

MUDANÇAS NAS NORMAS DE PRODUÇÃO DE SEMENTES. A principal alteração, que envolve diretamente a área comercial é com relação à pureza mínima das sementes, que ficará:

Para as sementes de Categoria S1 e S2:
Brachiarias - Padrão atual = 40 / 50% Padrão 2008/2009 = 60%
Panicuns = Padrão atual = 30/40% Padrão 2008/2009 = 40%

As sementes das espécies, Brachiaria brizantha, Brachiaria decumbens, Brachiaria humidicola e Panicum maximum, poderão ser comercializados com base nos resultados de viabilidade obtidos por meio do teste de tetrazólio.
A validade da análise do teste de germinação ou de viabilidade (tetrazólio), será:
Gramíneas - 12 meses;
Leguminosas - 08 meses.
A validade da reanálise do teste de germinação ou de viabilidade tetrazólio, será:
Gramíneas - 06 meses;
Leguminosas - 04 meses.
Outra alteração foi em relação ao peso dos lotes de produtos acabados, que passará para 10.000 kg para as Brachiarias brizantha, decumbens e humidicola e 20.000 kg para a Brachiaria ruziziensis.
No caso dos Panicuns (Tanzânia, Mombaça, Aruana e Massai), o lote também passará para 10.000 kg.
Naturalmente, isto exigirá que os canais de distribuição estejam capacitados para orientar os produtores com relação a quantidade de sementes à ser semeada por ha, custo por ha, riscos, custo/benefício, etc.
A Wolf Seeds do Brasil ciente da importância de sementes de qualidade, já por muito tempo faz um trabalho de conscientização que envolve pecuaristas, produtores, e cooperativas para que entendam e passem a reconhecer as inúmeras vantagens das sementes puras em relação as sementes comumente comercializadas.
Devemos lembrar que através da utilização de sementes puras, você tem a garantia de uma melhor oferta de forragem, economia com frete, mão de obra, defensivos e um pasto bem formado, gerando mais lucratividade para o seu negócio.
Para ler na íntegra todas as alterações com relação a normas e padrões contidas na Instrução Normativa número 30, acesse o site www.agricultura.gov.br - Legislação - Lislegis.

Fonte: MAPA