Sementes Fiscalizadas

Telefone (+55):
55 3322 6790 ou 8111 2902

sementes@sementesfiscalizadas.com.br - Skype | MSN | E-mail

AGRICULTURA MUNDIAL NOS PRÓXIMOS 50 ANOS. QUAL O PAPEL DO BRASIL?

Publicada em 29/09/2008 às 16:05:05

AGRICULTURA MUNDIAL NOS PRÓXIMOS 50 ANOS. QUAL O PAPEL DO BRASIL?Agricultura mundial nos próximos 50 anos. Qual o papel do Brasil?





Agricultura e Desenvolvimento Global nos próximos 50 anos: evento nos EUA terá apresentação de Pedro de Camargo Neto, presidente da ABIPECS. Ele falará sobre o excepcional salto do agronegócio brasileiro no cenário internacional nos últimos 20 anos

A organização World Food Prize, dos EUA, realizará neste ano, em Iowa, um importante debate sobre tendências da agricultura mundial nos próximos 50 anos. "Confronting Crisis: Agriculture & Global Development in the Next 50 Years" é a discussão que acontecerá no dia 17 de outubro, com a participação do empresário Pedro de Camargo Neto, presidente da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (ABIPECS), que fará uma exposição sobre os últimos 20 anos da agricultura brasileira, período em que o Brasil deu vários saltos até chegar ao terceiro lugar nas exportações agrícolas mundiais, depois da União Européia e dos Estados Unidos.

Camargo Neto, que foi secretário de Produção e Comercialização do Ministério da Agricultura e presidente da Sociedade Rural Brasileira, explicará o impressionante "caso" brasileiro a uma platéia interessada em conhecer a trajetória do agronegócio nacional. O Brasil se destaca pela liderança na exportação mundial de café, suco de laranja, carnes bovina e de frango, etanol, açúcar, tabaco e complexo soja. O País é o quarto maior fornecedor de carne suína.

Especialistas projetam o Brasil como o maior país agrícola do mundo em dez anos. Com um clima diversificado, chuvas regulares, energia solar abundante e quase 13% da água doce disponível no planeta, o Brasil tem quase 400 milhões de hectares de terras agricultáveis férteis e de alta produtividade, dos quais mais de 100 milhões ainda não foram explorados. O País possui 22% das terras agricultáveis do mundo e elevada tecnologia agrícola. Isso tudo faz do agronegócio brasileiro um setor eficiente e competitivo no cenário internacional.

Durante cinco dias, de 14 a 18 de outubro, no cinturão agrícola dos EUA, os principais temas da atualidade serão discutidos: crise dos alimentos, desenvolvimento de uma agricultura mundial sustentável, infra-estrutura, educação, extensão rural, desenvolvimento tecnológico,biodiversidade, agricultura e mudanças climáticas, migração do campo para a cidade em países emergentes, negociações comerciais e oportunidades de crescimento.
Pedro de Camargo Neto está à disposição para falar sobre o agronegócio brasileiro no cenário internacional, desafios e perspectivas.


Fonte: ABIPECS