Sementes Fiscalizadas

Telefone (+55):
55 3322 6790 ou 8111 2902

sementes@sementesfiscalizadas.com.br - Skype | MSN | E-mail

MILHO,SOJA E TRIGO NA MESMA LAVOURA.

Publicada em 31/03/2009 às 17:59:12

MILHO,SOJA E TRIGO NA MESMA LAVOURA.Milho, soja e trigo na mesma lavoura.





Aproveitamento de 100% da lavoura. O produtor Edison Sandro Savoldi, da comunidade de Planalto, praticamente não deixa a terra descansar. Ele faz rotação de cultura e têm três safras de produtos diferentes durante o ano. A produção inicia com milho, depois soja e por último o plantio do trigo. “Uma produção garante terra adubada para outra”, destaca o produtor.

Savoldi é um dos maiores produtores da região, principalmente de soja e trigo. “Atualmente tenho 50 hectares de soja plantada. Nesta semana vou iniciar a colheita, que deve seguir até o fim de abril, já que plantei em outubro, novembro e janeiro”, conta. Ressalta que cada produção tem suas diferenças, principalmente nos custos e rentabilidade. “No mesmo terreno consigo uma produção de 120 sacas de milho por hectare e 60 sacas de soja. Mas o custo de produção do milho é mais que o dobro”, explica.

Risco menor

Em relação aos riscos quanto às condições climáticas, Savoldi explica que a soja sofre menos com a falta de chuva. “O milho requer mais água”. Segundo o produtor, a soja dá também menos trabalho. “Planto soja transgênica, que não precisa de adubação, somente inseticida e fungicida”. Savoldi diz que investe na produção de soja há cinco anos e que esta será uma boa safra. “O resultado será bom, mas já tivemos safras um pouco melhores”. Já o início de junho, o produtor inicia o plantio de trigo, produto pouco cultivado na região, mas que garante renda extra.

Milho terá perdas

Segundo o gerente de agricultura da Copérdia, Carlos Humerto Marchetti, o cultivo da soja tem aumentado na região. “Muitos produtores estão fazendo a rotação de cultura para ter um melhor aproveitamento da lavoura e também evitar doenças e pragas”. Ressalta que a safra da soja tem uma expectativa boa, mas o milho apresentará perdas, devido a estiagem em alguns fases da planta. “As chuvas foram esparsas e algumas propriedades perderam menos, mas as perdas vão variar de 20 a 50%”.


Fonte: MIDIA MAIS.