Sementes Fiscalizadas

Telefone (+55):
55 3322 6790 ou 8111 2902

sementes@sementesfiscalizadas.com.br - Skype | MSN | E-mail

FEIJÃO

Solicitar Orçamento Feijão

Cultivar Grupo Comercial Registro no RNC/MAPA Ciclo (dias) Lançamento Porte da planta Região de adaptação
IAPAR 81 Carioca 00093 92 1997 Ereto RS, SC, PR, SP, MG, GO, MT
IPR Uirapuru Preto 06394 86 2000 Ereto RS, SC, PR, SP, GO, MT
IPR Juriti Carioca 02495 89 2002 Ereto RS, SC, PR, SP, GO, MT
IPR Graúna Preto 04163 86 2002 Ereto RS, SC, PR, GO, MT
IPR Chopim Preto 18766 90 2004 Ereto PR, MT
IPR Saracura Carioca 18767 88 2004 Semi-ereto PR, MT
IPR Colibri Carioca 18765 67 2004 Ereto PR, MT
IPR Siriri Carioca 21556 85 2007 Semi-ereto RS, SC, PR, SP, GO, MT
IPR Eldorado Carioca 21512 75 2007 Semi-ereto PR, SP
IPR Tiziu Preto 21557 89 2007 Ereto RS,SC,PR,SP,GO, MT
IPR Gralha Preto 21555 89 2007 Ereto PR, MT
IPR Garça Branco 23115 67 2008 Ereto PR
IPR Tangará Carioca 23116 87 2008 Ereto PR,SP
IPR Corujinha Pintado 25622 87 2009 Ereto PR
IPR 139 Carioca 25623 89 2009 Ereto PR
IPR Tuiuiú Preto 26958 88 2010 Ereto PR,SP

IPR Eldorado - PR, SP, para cultivo específico nas regiões sujeitas à ocorrência de mosaico dourado.

Vantagens

Adaptação

feijão tem uma ampla adaptação edafoclimática o que permite seu cultivo, durante todo o ano, em quase todos os estados da federação, possibilitando constante oferta do produto no mercado. Outra característica desta leguminosa é possibilitar a sua produção em diversos ecossistemas tropicais e temperados, em monocultivo e/ou consorciado nos mais variados arranjos de plantas inter e intraespecíficos, o que favorece a diversificação na produção, mas limita uma maior integração na sua cadeia produtiva.

Semeadura

Considerando a diversidade fisiográfica do país e a adaptação do feijoeiro a diversas condições de clima e solo, é possível explorar a cultura em três épocas diferentes, no mesmo ano. A safra "das águas", cujo plantio é feito de agosto a novembro, com predominância na Região Sul; o plantio " da seca" realizado de janeiro a março, abrangendo a maioria dos estados produtores e "de inverno" de abril a julho realizada nas Regiões Centro-Oeste e Sudeste.

Regiões recomendadas

As duas primeiras safras são responsáveis por 90% da produção nacional que provém de 2,9 milhões de hectares de lavouras de pequenos e médios produtores que utilizam, na sua maioria, mão-de-obra familiar com baixo nível tecnológico, o que reflete como consequência uma produtividade média de 776 kg/ha, considerada baixa. A safra de inverno, de aproximadamente 156.000 hectares, garante os 10% restantes da produção e tem como origem lavouras com alto nível tecnológico, onde a irrigação é essencial para alcançar produtividades médias de 1.584 kg/ha, sendo possível, em lavouras administradas na forma de empresas agrícolas, alcançar rendimentos acima de 3.000 kg/ha. Desta maneira ficam bem caracterizadas três safras, de produção de feijão, cujos ciclos de desenvolvimento devem coincidir com o maior número de fatores de ambiente que propiciem o máximo rendimento.


FEIJÃO FEIJÃO